A lambança financeira e o carnaval dos governantes

Por Rárisson Ramon

                  O Governo sempre deixa para os últimos momentos a aplicação de investimentos no combate a seca! Dinheiro sempre houve. A falta de planejamento é que faz com que o governo seja um incompetente. Na frente das câmeras a intenção é boa, contudo, poderemos ter no jogo politiqueiro mais uma série de obras de péssima qualidade, malversações, locupletamento e o povo mais uma vez feito de otário. Não se faz mais políticas de prevenção. O que há é o roubo descarado do dinheiro público para custear campanhas eleitorais absurdas. A seca já instaurou-se em nosso estado. 

                    O Governo anunciou uma série de construções de adutoras. Algumas até inviáveis como a de Crateús que visa capitanear água a partir do açude Araras. Por que não retirar água do Parnaíba? A cidade de Poranga é tão rica em água e por que não se faz um projeto de adutora de lá para abastecer Crateús e outras cidades? Temos o projeto do açude de Lontras, que fica próximo a região da Macambira. O projeto de construção do açude de Lontras é secular e os governantes que entram teimam em não realizá-lo. Tal projeto, meus amigos, poderia até mesmo perenizar o riacho Ipuçaba. Teríamos água na Bica de Ipu o ano inteiro, sem falar no desenvolvimento econômico da região ibiapabana através da cultura hortifrutigranjeira. Cid Gomes parece estar comendo “capim de burro” ao final do seu governo. Digo-lhes mais: “Cid Gomes parece não querer o desenvolvimento da Ibiapaba. Prova disso é o seu descompromisso em viabilizar a Universidade Federal da Ibiapaba. E os senhores prefeitos de Viçosa do Ceará a Ipu parecem comungar do mesmo pensamento dele ou não tem a mínima coragem de enfrentá-lo”. 

                     "Sou ipuense ibiapabano com muito orgulho e quero ver o melhor para Ibiapaba e conseqüentemente para a minha amada Ipu"!