Profissionais da juventude ipuense: em destaque Enfermeiro Ronaldo Peres

Passaremos a dar destaque a uma série de jovens profissionais que atuam no município de Ipu. O objetivo é despertar valores aos estudantes do fundamental ou nível médio que queiram tomar conhecimento sobre qual profissão seguir como também oferecer uma motivação através das experiências narradas pelos nossos jovens entrevistados e/ou colaboradores.
 
Em nossa primeira matéria nesse novo quadro daremos destaque ao Enfermeiro Ronaldo Peres, natural do Rio de Janeiro, mas desde pequeno veio residir em Ipu, filho de Tereza Avelino de Sousa. Ronaldo Peres possui uma irmã por nome Renya Karine Peres.
 
Ronaldo Peres com muito esforço e dedicação conseguiu concluir o curso de enfermagem na Universidade Estadual Vale do Acaraú. Como jovem oriundo de família humilde, teve muitas dificuldades para manter-se na cidade Sobral, tendo em vista que a fonte de renda de sua família partia do trabalho assalariado de sua mãe que atua como Técnica de Enfermagem em Ipu.
 
Próximo de concluir o curso de enfermagem foi aprovado no último concurso público realizado pela Prefeitura de Ipu, ao tempo que foi admitido já era bacharel em enfermagem.
Atualmente, Ronaldo consta com quatro anos de serviço prestado à saúde municipal. O mesmo ocupa a sua atividade ora na urgência/emergência, ora na clínica médica. Entretanto, é na atividade dos primeiros socorros da urgência/emergência que possui maior identificação.
 
A sua experiência profissional lhe conferiu um olhar clínico que consiste em identificar em alguns pacientes, que buscam atendimento no Hospital Municipal, os supostos problemas que os afligem. Segundo Ronaldo Peres, a grande maioria dos pacientes que procuram atendimento no hospital apresentam tão somente problemas de ordem emocional, onde há aqueles que querem somente um alguém para conversar, desabafar algum problema.
 
Outros pacientes desejam obter alguma orientação sobre qual a melhor medicação a ser administrada em bebês. Nesse ponto, Ronaldo diz, que essa procura por orientação é principalmente de mães jovens.
 
A mensagem que Peres deixa aos jovens que desejam ingressar em uma atividade profissional é a seguinte:
 
“Condição social não é fator limitante para se alcançar o sucesso profissional. Passei por muitas dificuldades no inicio, mas consegui vencê-las. Iniciei mais uma etapa em minha vida, onde sou acadêmico do curso de Direito na UVA, estando no sétimo período, portanto não parei. Não desista, persista!”
 
Percebe-se o quanto é importante a atividade do profissional enfermeiro que em muitos casos deixa de ser enfermeiro para atuar como uma espécie de psicólogo. É uma profissão digna e que é caracterizada pela dedicação aos cuidados com a saúde dos pacientes. Cabe salientar que tal profissional possui um amplo espectro de atuação. Caso tenha interesse pela área aprofunde-se em mais pesquisas sobre a profissão.
 
Por: Rárisson Ramon