“Serra”

“Serra”

Monte despido

A secura das matas te envolve

Revelando teus segredos

Deixando à mostra teus encantos.

O véu se foi

Levando o som e o murmúrio

Deixando a escassez de existência

Mas, ainda há vida

Contida nas matas secas acinzentadas

E no chão esturricado

Basta a chuva cair de novo.

 

Por Aninha Martins. 03/02/2014 as 14:15