Simpósio Ipu envolvimente Societal

 
O Simpósio Ipu segue cumprindo com o seu papel de disseminador de múltiplos conhecimentos e semeador do pensar entre os universitários e estudiosos de Ipu e região.
Atuando na história, no social e na cultura da cidade, o Simpósio deu suporte, por meio de seu grupo exclusivo de estudos e pesquisa, para a produção de um documentário que fora produzido e dirigido pelos acadêmicos do curso de História da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, Lucas Martins Araújo e Francisco de Souza Lima Filho, além da acadêmica de Ciências Sociais, Dalva Elias, também da UVA. 
 
O documentário trata do meretrício ipuense dentro de um recorte histórico e aborda as suas implicações sociais e morais, além dos reflexos e da dura realidade enfrentada pelas mulheres do baixo meretrício da época. 
Como chegavam aqui, porquê se prostituíam, como eram vistas pela sociedade e como se dava o regime de segregação imposto às meretrizes, além das consequências para a saúde e controle de natalidade, tudo revelado nos seus mínimos detalhes por ex-donas de bares da zona do meretrício, estudiosos da área, e contemporâneos da época em questão. 
 
O documentário é apenas um dos braços pesquisadores do Simpósio que deve ter muitas outras produções de conhecimento e cultura lançadas em breve, conforme o seu propósito e compromisso com o desenvolvimento cultural e intelectual de Ipu e de toda a Serra da Ibiapaba. 
 
O Simpósio Ipu se orgulha do documentário produzido por 3 dos seus componentes e garante o padrão de qualidade da pesquisa e do trabalho realizado.
FONTE: IPU NOTÍCIAS