Vitória de Aldo, Renan Barão vence Faber com um nocuate incrível!

A edição 169 do UFC terminou da melhor maneira possível para os brasileiros. Tanto José Aldo quanto Renan ‘Barão’ sobraram e permaneceram com os únicos títulos do País no maior evento de MMA do mundo.

No entanto, apesar dos bons resultados, os fãs sofreram para acompanhar o evento que, em doze lutas, contou apenas com dois nocautes e dez decisões dos juízes, o que fez desta edição a mais longo da história da franquia.

Na luta principal da noite, o peso-galo (61 kg) Renan não deu chances ao ‘California Kid’ Urijah Faber  e, ainda no primeiro round, nocauteou o rival com após conectar dois knock downs e completar com rápidos socos no ground and pound.

Mas, alheio á festa brasileira, o americano reclamou da interrupção do árbitro Herb Dean, que não teria visto seu gesto de positivo, que seria para sinalizar que estava apto a continuar lutando. Sem jeito, Faber apenas lamentou, parabenizou o campeão e prometeu voltar.

Uma disputa antes, foi a vez de Zé Aldo manter o posto de número um do mundo ao vencer o desafiante Ricardo Lamas após cinco rounds de muita trocação. Mais rápido e com as esquivas em dia, o brasileiro frustrou o rival ao defender todos os seus ataques e responder com fortes chutes baixos e socos na linha de cintura.

Apenas no quinto e último assalto é que Lamas conseguiu cair por cima, mas sem tempo suficiente para tentar reverter o resultado fatídico da noite. A derrota por pontos foi anunciada por decisão unânime, para delírio da academia Nova União.